AUDI DESENVOLVE PROTÓTIPO QUE DISPENSA MOTORISTAS
Protótipo subiu o percurso histórico de Pikes Peak, um dos mais difíceis dos EUA, em 27 minutos.
 

As montanhas do Colorado são o cenário de uma pista de corrida que atrai anualmente pilotos dispostos a vencer um percurso de cerca de 20 km e 156 curvas. É a Pikes Peak International Hill Climb – também conhecida como Corrida para as Nuvens, segunda corrida mais antiga dos EUA – onde motociclistas e automobilistas sobem a uma altitude de 2862 metros em pista que combina sessões de cascalho e asfalto. Se isso já é um desafio e tanto para pilotos, imagine para um carro sem motorista.


A Audi conseguiu o feito de completar o percurso usando um veículo autônomo – que dispensa motorista. O protótipo para pesquisas TTS Pikes Peak conseguiu completar os 20 quilômetros sem precisar parar, atingindo velocidades de até 80 km/h. Terminou o percurso em 27 minutos – vale apontar que nenhum piloto humano conseguiu vencer a pista em menos de 10 minutos. Os organizadores calculam que um piloto em um carro similar ao TTS completaria o percurso em cerca de 17 minutos.


O feito foi conseguido há mais ou menos um mês, mas a Audi decidiu adiar o anúncio devido a um acidente sofrido por um piloto de helicóptero que fazia filmagens da subida. O piloto, felizmente, está fora de perigo.


O TTS Pikes foi desenvolvido pela Audi em parceria com a Universidade de Stanford, a Volkswagen de Palo Alto e com a Oracle. Quando as pesquisas começaram, cerca de um ano atrás, o objetivo da Audi era desenvolver um sistema que mantivesse motoristas no controle de seus carros, mesmo em condições extremas de pilotagem.


“Nós não queremos substituir os motoristas”, diz o professor Chris Gerdes da Universidade de Stanford, “Nós queremos entender como os melhores motoristas controlam seus carros para que possamos desenvolver sistemas que auxiliem nosso motorista robótico e, eventualmente, você e eu”.

Fonte: Depto. de Qualidade

 
 
< voltar
 
usuário
senha